top of page

VIDEOCLIPES E FAIXAS

EP TAPERÁ

 

O EP TAPERÁ, enquanto o primeiro trabalho musical autoral de Lina Tag, traz as primeiras explorações sonoro-visuais da artista. No gênero folk brasileiro, as canções trazem um riso trágico em tom de protesto, ironia e ludicidade, e simbolizam um olhar da artista sobre algumas de suas percepções e inquietações com relação à sociedade em que vivemos. Nesse olhar reflexivo, a artista se coloca alguns questionamentos e impressões sobre: gênero, racialização amarela no Brasil, o colapso ambiental global desenfreado e a marginalização social. Essas quatro faixas funcionam como um levantamento artístico provocativo de algumas, de muitas inquietações da artista com relação a esse sistema como um todo. Todas as quatro músicas dizem respeito à experiências e histórias pessoais que marcaram a caminhada da artista e geraram questionamentos sobre o mundo. Esse trabalho autoral marca as primeiras experimentações musicais de Lina e foi um trabalho fundamental para a elaboração de suas seguintes pesquisas artísticas.

O EP TAPERÁ também conta com quatro projetos de videoclipes que se desenrolam sempre a partir das faixas musicais. As explorações audiovisuais do EP, de maneira sutil, mostram os primeiros tons de hibridez artística no trabalho de Lina, apresentando intersecções musicais com interpretação cênica, pesquisas de movimento e explorações plásticas e performáticas.

SOBRE

IMG_5137.jpeg

VIDEOCLIPES

IMG_2150.JPG
A0A7AD86-46B3-4983-A648-034EF2D34AA2.png

Premiado no Festival Cawcine 2021
na Categoria "Melhor Cantora"

clipe brancos corais

DIREÇÃO JÚLIA CATERINA [2019]

FICHA TÉCNICA: direção: Júlia Caterina // fotografia e edição: Pedro Maciel // maquiador: Gustavo Zanoti // produção de set: André Seraphico e Pedro Henrique Meirelles // direção de produção: Lina Tag

clipe AMARELA

CRIAÇÃO COLETIVA [2019]

clipe-manifesto, uma construção coletiva sobre racialidade amarela brasileira

Em tom irônico e lúdico, característico do EP, a canção parte de impressões de uma trajetória racial amarela brasileira , trazendo como principais pautas a confusão identitária, o preconceito, a solidão e questões  que ocorrem no contexto do mercado das artes cênicas no Brasil. O videoclipe, de forma colaborativa, abre espaço para que vários corpos amarelos possam trazer as suas inquietações e percepções sobre as trajetórias raciais amarelas.

FICHA TÉCNICA: elenco: (atrizes): Emilia Kiyohara, Thais Harumi, Ana Hikari, Carla Passos, Raquel Higa // elenco (não-atrizes): Tami Tahira, Paty Baik, Linda Huang, Rebeca Emy // fotografia: Ross Sumi // produção, co-edição e direção: Lina Tag // provocação de movimentos sensíveis: Key Sawao // edição: Adriana Yanamoto // Coloração: Silmara Elis // assistência de figurino: Clara Valverde

IMG_6615.HEIC
IMG-3920.jpg

clipe "lixo da humanidade"

CONSTRUÇÃO COLETIVA [2020]
FICHA TÉCNICA: Elenco: Chiara Duarte, Rose, Manu Soares, Thallya Araújo. // preparação de elenco: Bruli, preparação corporal: Luciana Elias, edição: Jade Mascarenhas, produção: Lina Tag

clipe em memória da brilhante Chiara Duarte.
música em homenagem à Carol.

clipe "estrada do limbo"

DIREÇÃO Marcos Barbosa [2018]

FICHA TÉCNICA: edição: Rafael Triandopolis // elenco: Lina Tag // concepção make: Carolina Victor //  make: Jacqeline Valsig  // Stills: Victoria Lins // provocadora de movimento: Ana Trucharte // agradecimento: Mariana Arbex

Screenshot 2021-08-26 at 8.31.49 PM.png
Screenshot 2021-08-26 at 8.31.49 PM.png
bottom of page